Loading...

Como escolher a câmera fotográfica ideal para viagens 

Para registar os melhores momentos de uma viagem, devemos ter também uma boa câmera. O mais difícil, no entanto, é decidir qual escolher dentre as diversas opções disponíveis.

Nada pior do que fazer uma viagem incrível e ter registros ruins porque a câmera não colaborava, não é mesmo? Por isso, na hora de investir em uma boa câmera o mais recomendado é pesquisar muito sobre o modelo, saber os prós e contras, analisar o custo benefício e a durabilidade. Mas, isso tudo sem extrapolar o seu orçamento. 

Atualmente, o que não faltam são opções de câmeras fotográficas no mercado. Desde as mais simples as complexas, é possível encontrar modelos de diversos preços e tamanhos.  

Dentre os benefícios de ter uma boa câmera fotográfica, obviamente, a qualidade das imagens está em primeiro lugar. Contudo, apesar de o celular ser mais utilizado, com ele é costume não prestar muita atenção na foto que estamos tirando, mas com a câmera tendemos a analisar melhor o enquadramento. 

Portanto, abaixo listamos alguns pontos que você deve observar na hora de comprar uma câmera fotográfica para levar em viagens.  

Eletrônicos que usamos nas viagens

Os tipos de câmeras mais comuns

DSLR: é a versão digital das antigas câmeras de filme SLR, em que a luz passa apenas pela lente antes de chegar no sensor. Em tese a única diferença de uma câmera DSLR para uma câmera digital compacta é o seu funcionamento, mas que por ter mais atribuições, entrega um trabalho de melhor qualidade. 

Mirrorless: câmeras com lentes intercambiáveis e espelhos em sua parte mecânica. Elas têm os mesmos recursos e o mesmo tamanho de sensor das DSLR, só que mais compactas. Assim, são as preferidas de muitos viajantes.

Câmeras com Wi-fi embutido: permitem o compartilhamento ou edição das fotos online ou em outros dispositivos, porém, não há necessidade do computador.  

Ação e choque: máquinas à prova d’água e resistentes ideias para quem mergulha, surfa, faz trilhas ou atividades de ação.  

Custo

O primeiro ponto a ser considerado na hora de comprar uma câmera é pensar no quanto você pode gastar. Portanto, deve-se pesquisar já que existem modelos que vão de R$500 a R$5.000. Assim, você precisa saber até onde está viável investir em um bom modelo. 

Seu orçamento será um limitador de escolhas. Dessa forma, é importante comprar o melhor que puder, com o dinheiro que você tiver disponível.  

Tamanho

As câmeras DSLR são amadas e odiadas por muita gente. Amadas porque produzem imagens de altíssima qualidade, mas odiadas porque geralmente são grandes e pesadas. E o que a gente menos quer em viagem é ficar carregando peso, certo? 

Se você for fazer uma viagem longa, uma volta ao mundo por exemplo, o peso que carregar consigo irá importar, já que sua bagagem será limitada. Nesse caso, portanto, pequenas câmeras serão a solução ideal. A Sony oferece bons modelos de câmeras mirrorless, que são compactas e registram imagens de qualidade. 

Zoom e abertura

Mas, outro aspecto que pouca gente pensa na hora de comprar uma câmera é no zoom e abertura focal. Nesse sentido, as DSLR saem na frente porque é possível trocar lentes e escolher a que melhor que adapta a situação. Assim, algumas mirrorless também possuem essa função, porém as lentes são mais difíceis de encontrar no Brasil. 

A abertura máxima da lente também afeta a forma como a câmera irá funcionar em algumas situações de disparo. Então, para imagens nítidas as aberturas pequenas são mais recomendadas, como f/32. Para desfocar o fundo é bom usar aberturas maiores, como f/1.8. 

Conexões

Tirou uma foto espetacular com a câmera, mas não tem como postar na rede social naquele momento porque precisa passar para o computador e depois para o celular? Talvez, a solução do seu problema seja comprar uma câmera já com Wi-fi. Dessa forma, você consegue passar a foto na mesma hora para outros dispositivos através do aplicativo. 

Duração da bateria

Tão importante quanto uma boa câmera é uma câmera que tenha uma bateria que dure por várias horas. Então, na hora de comprar, busque nas especificações do produto qual a capacidade de mili amperes (mA) a bateria tem. Quanto maior, melhor.  

Controles manuais

Por mais que em viagens muitos turistas queiram só uma câmera automatizada para registrar os momentos, há pessoas que desejam ajustar manualmente as configurações, como abertura e velocidade do obturador, para produzir a fotografia do seu jeito.  

Assim, algumas câmeras compactas e superzoom possuem controles parciais que podem suprir as necessidades da maioria. Mas, é bom levar esse ponto em consideração na hora da escolha. 

Nossos Parceiros

Deixe seu comentário! Queremos sua opinião.

Queremos te ajudar a viajar ainda mais!

Você deve amar viajar tanto quanto nós!
Somente entre com seu e-mail abaixo e prometemos enviar as melhores dicas de viagem!
Sim, eu quero receber novidades
Não, obrigado!
close-link
2018-05-15T15:56:28+00:00
Você deve amar viajar tanto quanto nós!
Somente entre com seu e-mail abaixo e prometemos enviar as melhores dicas de viagem!
Sim, eu quero receber novidades
Não, obrigado!
close-link
shares